Você está pesquisando por News?
+55 11 2193-2960
+55 11 94792-8632
Busca em Crime Ameaça Obra de Pista F1 no RJ: 53693 (1 - 1 de 14)
Exibição:
Thumb pequena
  • Thumb pequena
  • Thumb média
  • Thumb grande
Autorizações
  • Autorizações
  • Com Model Release
  • Sem Model Release
20 fotos por página
  • 20 fotos por página
  • 40 fotos por página
  • 80 fotos por página





Carregando...
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759013
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759013

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759012
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759012

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759010
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759010

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759011
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759011

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759009
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759009

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759021
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759021

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759020
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759020

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759019
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759019

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759018
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759018

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759017
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759017

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759016
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759016

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759015
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759015

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759014
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759014

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
Crime ameaça obra de pista F1 no RJ

Data da imagem: 06/07/2019
Cod. da imagem: 1759008
Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Direito Controlado


Data da imagem: 06/07/2019

Cod. da imagem: 1759008

Crédito: Luiz Gomes/ Fotoarena

Projeto de construção de novo autódromo para receber a Fórmula 1 no Brasil vira pivô de briga entre presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o governador de São Paulo, João Dória, PSDB. A Prefeitura do RJ aprovou projeto para autódromo de Deodoro, no terreno que pertencia ao Exército em Deodoro, Zona Oeste do Rio. O consórcio Rio Motorsports foi considerado habilitado para fazer a obra, fruto de uma parceria público-privada no valor de R$ 697 milhões, conforme o edital, a serem desembolsados pela iniciativa privada. Na foto, terreno a ser construído a futura pista. A região é considerada muito perigosa devido a presença de muitos bandidos no local.

Editorial RM
 
 
HOME    |    QUEM SOMOS    |    PARCEIROS    |    ENTRE EM CONTATO    |    TERMO DE USO

COPYRIGHT 2008-2019 FOTOARENA. PROIBIDA A CÓPIA OU REPRODUÇÃO SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA..